Você está visualizando o site na versão para computador.

MUDAR PARA VERSÃO PARA CELULAR.
close
Voltar ao PenCities

Sons Revolucionários

quinta-feira, 3 de novembro de 2016
Soulèvements

Revoltas, agitações, levantes e insurreições… Paris é famosa pela rebelião social, desde a notória Revolução Francesa do século XVIII e suas assustadoras guilhotinas até as demonstrações dos estudantes apaixonados de 1968. Dada à reviravolta dos recentes acontecimentos mundiais, esse é um momento oportuno para esta exposição aclamada pela crítica na galeria Jeu de Paume, no sereno Jardin des Tuileries.

Traçando o histórico da agitação social, Soulèvements narra a história dessas emoções coletivas, pressões políticas tumultuosas e lutas de massa por meio de uma cronologia da arte multidisciplinar que serve como evidência para tudo isso. A exposição conta com obras de Goya, Courbet, Joan Miró, Man Ray, Manet e Bertolt Brecht, bem como com as fotografias das revoltas de 1968 do icônico Michael Carons.’

Pinturas, gravuras, esculturas, instalações, desenhos, documentos, cartazes, fotos, vídeos e filmes abrangem desde as pinturas negras do artista espanhol Goya, retratando os horrores da guerra do final do século XVIII, até obras contemporâneas’. A exibição está dividida em cinco seções principais: Elementos, Gestos, Palavras, Conflitos e Desejos. De bandeiras rasgadas a tijolos lançados, o gesto significativo (individual ou em grupo) e a exclamação vibrante, ela capta a intensidade do momento revolucionário, bem como a destruição e os sonhos deixados em seu rastro. A marca da estilista francesa Isabel Marant é o patrono, lembrando-nos do caso de amor entre o estilo e a rebelião.

Quando a história fica muito sufocante, as pessoas muitas vezes livram-se dos grilhões do estado, e esta exposição explora esse sentimento, seja na Irlanda do Norte ou em Buenos Aires. Vive la révolution!

Até 15 de janeiro de 2017.

Jeu de Paume / 1 pl de la Concorde, 8º arrondissement / +33 1 47 03 12 50 / 11h às 21h, terça-feira; 11h às 19h, quarta-feira a domingo / soulevements.jeudepaume.org

VOLTAR AO TOPO